Tenha uma boa tarde! Hoje é Sexta, dia 05 de Março de 2021. Agora são 12:31:37 hs
24 Set

Em greve, trabalhadores dos Correios e bancários fazem passeata no Centro de Goiânia Destaque

Daniela Martins

Passeata marca sexto dia de greve em Goiás


O sexto dia de greve dos trabalhadores dos Correios em Goiás foi marcado por uma ação conjunta com os bancários, categoria que também está em plena Campanha Salarial e paralisou suas atividades desde a semana passada. Nesta segunda-feira, 23, ecetistas e bancários realizaram uma grande passeata pelas ruas do Centro da Capital, com a participação de mais de 400 grevistas e a presença de representantes da Central Única dos Trabalhadores em Goiás (CUT-GO).

A concentração foi na Praça Cívica, em frente à Agência Central dos Correios, de lá os grevistas seguiram pela Praça, passaram pelo Palácio Pedro Ludovico e desceram a avenida Goiás até se reunirem novamente na porta da agência do Banco do Brasil.

Pelo caminho, os grevistas entoaram gritos de ordem por melhores condições de trabalho, contra o assédio moral que tem vitimado os profissionais tanto nos bancos quanto nos Correios, e por melhorias salariais. O projeto de lei 4330, que trata da terceirização, também foi criticado durante a passeata.

Em greve desde o dia 18, os trabalhadores dos Correios reivindicam a reposição da inflação (7,13%), aumento linear de R$ 200, aumento real de 15%, melhores condições de trabalho, a manutenção e a melhoria do Correios Saúde, entre outros pontos. Mais de 600 ecetistas já aderiram à paralisação nos Correios por todo o estado de Goiás.

Já os bancários querem reajuste salarial de 11,93%, piso salarial do Dieese (R$ 2.860,21, em junho), salário refeição, cesta alimentação, 13º salário refeição e 13ª cesta alimentação, de R$ 680 cada. 
 
Fonte/Autoria: Daniela Martins • Assessora Sintect-GO
Avalie este item
(0 votos)
voltar ao topo