Tenha uma boa noite! Hoje é Quinta, dia 14 de Novembro de 2019. Agora são 20:51:27 hs

Banco Postal (4)

Fim de contrato com o Banco do Brasil prejudicara população de mais de 2.230 cidades do país

A ECT confirmou na manhã desta segunda-feira, 28 de outubro, fim do contrato com o Banco do Brasil no Banco Postal. Segundo informações do site Valor, o contrato se encerra no dia 15 de dezembro. Sem o Banco Postal, 2.230 cidades ficarão sem os serviços bancários básicos.

Segundo informações a estatal, a empresa continuará prestando o atendimento de serviço bancário básico em parceria com instituição financeira interessada por meio do Balcão do Cidadão.

O fim dessa parceria prejudicará principalmente a pequenas cidades do interior. Atualmente a ECT é única instituição financeira em 2.230 cidades do pais. Sem o Banco Postal, a população terá que se deslocar até outras cidades para realizar transações bancárias básicas, receber ou pagar suas contas, contribuindo assim para o declínio da economia desses municípios.

Com informações do site Valor e Correios do Brasil

Leia mais ...

Mais de 20 trabalhadores são feitos reféns durante assalto a agência de Mineiros/GO

Vinte e três trabalhadores dos Correios foram feitos reféns na manhã desta sexta –feira, 02, na agência de Mineiros, no sul goiano.  Foi levada uma quantia significativa em dinheiro e o carro do SINTECT-GO, que foi encontrado pela polícia poucos minutos depois dos assaltantes irem embora.

O secretário geral do SINTECT-GO, Elizeu Pereira, chegou à agência às 08h05 para uma reunião, e foi surpreendido por dois assaltantes mantendo os trabalhadores reféns sob a ameaça de armas.  À medida que os outros trabalhadores iam chegando à agência, eles eram obrigados a sentar no chão. Por volta das 08h10, o tesoureiro chegou e foi obrigado, pelos assaltantes, a programar a abertura do cofre.

Segundo relato do Elizeu, durante todo o tempo um dos assaltantes se manteve extremamente calmo, ofereceu água e café para os reféns e dizia o tempo todo que não queria o celular dos trabalhadores, e “queria só o que o governo corrupto estava tirando deles”. Ele chegou a informar aos trabalhadores que havia mais quatro comparsas lá fora e que eles já haviam feito mais de 20 assaltos, e que conheciam os sistemas de várias agências dos Correios e dos bancos.

Após retirar o dinheiro do cofre, os assaltantes pediram a chave do Sindicato, (que estava parado em frente à agência) e fugiram, deixando os trabalhadores trancados na sala do cofre. Assim que os criminosos saíram, o vigilante ligou para a polícia, que chegou em três minutos. Todas as características do carro e dos assaltantes foram passadas para a polícia, que logo encontrou o carro abandonado junto com a chave.

Logo após o fim do assalto, o chefe da agência ligou para o REAT, que foi na agência fazer a perícia. A Policia Federal também foi chamada.

Durante o episódio, os trabalhadores ficaram bastante nervosos.

Leia mais ...

AC em Bonfinópolis é assaltada mais uma vez e é destaque no Jornal do Meio Dia

O Jornal do Meio Dia, da TV Serra Dourada, exibiu nesta terça-feira, 04 de abril, uma reportagem sobre mais um assalto na AC Bonfinópolis ocorrido durante a madrugada. Os assaltantes arrobaram a fechadura da porta, cadeados e a porta giratória, e fugiram levando tudo o que estava no cofre, o bebedouro e o aparelho que grava as imagens das câmeras de segurança.


Assista a matéria completa aqui

 

Vale ressaltar que Goiás é o único Estado que conta com vigilância armada e porta detectoras de metais em todas as suas agências de Banco Postal, exceto Shopping Flamboyant e Araguaia Shopping. E está em andamento ação civil publica que visa indenizar mais de 270 trabalhadores que foram assaltados antes da implementação da medidas de segurança.

Leia mais ...

Instalação de portas de segurança nas agências de BP é antecipada

A instalação das últimas 50 portas detectoras de metal (PDM) nas agências de Banco Postal da DR de Goiás foi antecipada, e o que estava previsto para acontecer até junho de 2015 deverá ocorrer até dezembro deste ano. A decisão foi tomada na Audiência realizada na última quarta-feira, 11 de junho, no TRT-GO, entre o Sindicato e a empresa.  

A existência de problemas de estrutura física em 8 (oito) unidades impediu que todas fossem contempladas até dezembro, cabendo a ECT estruturar estas agências e instalar as PDMs até junho de 2015.

Para o secretario geral, Eziraldo Vieira, “esta é mais uma importante conquista do Sindicato, e representa a consolidação da luta incansável que o SINTECT/GO tem feito, não só para buscar a segurança dos trabalhadores, mas também dos clientes”.

 
Fonte/Autoria: Laryssa Machado
Leia mais ...
Assinar este feed RSS