Tenha um bom dia! Hoje é Sexta, dia 22 de Novembro de 2019. Agora são 06:45:40 hs

SINTECT-GO (118)

Ecetistas em Goiás deliberam pelo fim do Movimento Grevista

Na tarde de hoje, 08 de maio de 2017, os trabalhadores dos Correios em Goiás reunidos em Assembleia deliberaram pelo fim do Movimento Grevista iniciado no último dia 26 de Abril de 2017.

A avaliação quase unanime da Assembleia foi de que o recuo percebido desde a última sexta feira, 05 de maio, em algumas bases sindicais e aumentado na manhã de hoje, quando outros Sindicatos realizaram suas Assembleias deliberando pelo fim do movimento, recuo este praticado pelas maiores bases sindicais tornara inviável a manutenção do Movimento Grevista e que, portanto, o melhor era por fim ao movimento e manter as mobilizações inclusive mantendo-se o Estado de Greve, pois os pontos principais da pauta quais sejam  a ameaça de demissões em massa, suspensão das férias, o fechamento Agencias, a ameaça de privatização e etc, não foram resolvidos.

 

Saudações Sindicais,

Elizeu Pereira, Secretário Geral

Leia mais ...

Sindicato realiza audiência pública para debater suposta crise nos Correios

O SINTECT-GO realizou nesta quinta-feira, 27 de abril, uma Audiência Pública para falar sobre a suposta crise nos Correios e o fechamento de agências. A audiência foi realizada no auditório da Assembleia Legislativa de Goiás e contou com a participação dos ecetistas, da Diretoria Colegiada do SINTECT-GO, do presidente da CUT-GO Mauro Rubem, da Deputada Estadual Adriana Accorsi, do presidente da União dos Vereadores de Goiás (UVG) Ricardo Oliveira Carneiro, do Vereador Alan Cézar Rodrigues de Ipameri, do assessor do Deputado Rubens Otoni e do representante do PROCON-GO Everton Mascarenhas.

O secretário geral do SINTECT-GO, Elizeu Pereira, falou da importância dos Correios para a sociedade brasileira, principalmente ao levar vacinas, livros e objetos das últimas eleições em todos os cantos do país. Ele também questionou o déficit, uma vez que nos últimos anos os Correios repassaram para o governo federal R$ 6 bilhões e, desse montante, R$ 3,9 bilhões foram acima do valor estabelecido legalmente, prejudicando as reservas financeiras e investimentos necessários para a modernização da empresa.  Os trabalhadores também falaram das precárias condições de trabalho de suas unidades e como a população os culpam pela demora da entrega das correspondências.

Mauro Rubem e a deputada estadual Adriana Accorsi também falaram da importância da ECT no Brasil e que os trabalhadores devem se juntar contra os ataques que estão sofrendo. Além disso, eles falaram dos problemas que a população enfrentará com o fechamento das agências, principalmente no interior.

Sobre o fechamento de agências, o presidente da UVG se comprometeu a fazer uma resolução, a pedido do Sindicato, junto com os vereadores associados à UVG para que ajudem a barrar a privatização da ECT e o fechamento de agências, principalmente nas cidades onde os Correios é a única instituição bancária.

O vereador Alan Cézar falou da importância da agência dos Correios em Ipameri e disse que irá realizar audiências públicas na cidade junto com o Sindicato para discutir as questões levantadas pelos trabalhadores juntamente com a população.

Leia mais ...

Audiência publica debaterá desmonte nos Correios

 

O SINTECT-GO realizará no dia 27 de abril, às 14h30, uma Audiência Pública para debater a “Crise” da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos e o fechamento de agências dos Correios, principalmente no interior, visando à privatização deste patrimônio público. A audiência, que ocorrerá no Auditório da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, contará com a presença da diretoria colegiada do Sindicato e do Mauro Rubem.

Leia mais ...

Agência franqueada em Campinas é arrombada nesta madrugada

Mais uma agência franqueada dos Correios foi arrombada nesta madrugada, 17 de abril. Dessa vez os criminosos arrombaram a Agência Franqueada Senador Jaime em Campinas, abandonaram o cofre da unidade, que pesa aproximadamente meia tonelada, no meio da rua e escaparam por um buraco feito nos fundos do prédio.

Pessoas que passavam pelo local estranharam a movimentação de quatro homens na agência e chamaram a Guarda Civil Metropolitana. “Eles abriram esse buraco, que dá acesso a toda a rede de cabeamento, inclusive ao alarme. Então eles desligaram, foram até algumas salas e tentaram abrir correspondências, aí chegaram até o cofre e abriram essas portas da frente”, contou o GCM Washington Moreira ao G1 Goiás. 

Confira matéria completa no G1 Goiás.

 

Leia mais ...

Nota de Repúdio contra a suspensão das férias

O SINTECT-GO vem através deste repudiar está política de terrorismo que o Senhor Guilherme Campos, então Presidente da ECT, tem adotado contra os ecetistas. No Primeira Hora do dia 21 de março foi oficializado a informação sobre a suspensão das férias dos trabalhadores a partir de maio deste ano até abril de 2018.

Não é justo que a categoria pague pelos prejuízos que tem sido anunciado. O déficit milionário até o momento não foi confirmado, mas tem sido usado para justificar o terrorismo e a privatização da Empresa. Além disso, ela acabou de bancar viagem de vice-presidentes e técnicos a Europa, continua realizando patrocínios milionários, entre outros. O passo a passo para a privatização agora está mais acelerado: não realiza concurso público, apresenta PDIs, reestruturação financeira e produtiva, acaba com o Plano de Saúde, sucateia a Empresa ao máximo, fala que está quebrando e usa isso como justificativa para retirar direitos e benefícios, e vende.

Diante de todos estes ataques que estão vindo de todos os lados, a classe trabalhadora e os ecetistas, a Diretoria Colegiada do SINTECT-GO estará participando do XVIII Conselho de Representantes dos Sindicatos (CONSIN), dia 28 de março, a partir das 9 horas, em Brasília, para organizar este enfrentamento contra os ataques aos nossos direitos. Durante o CONSIN, vamos tirar encaminhamentos para organizar a categoria para uma grande greve nacional contra mais esse ataque.

Portanto, estejam todos os trabalhadores e trabalhadoras atentos, pois “Vai ter Luta!”. Não vamos aceitar calados as afrontas e os ataques do Senhor Guilherme Campos, que veio para liquidar os Correios.

#FORAGUILHERMECAMPOS!  #FORATEMER!

Diretoria Colegiada do SINTECT-GO

Leia mais ...

Delegados Sindicais 2017: inscrições estão abertas e vão até o dia 31

 

As inscrições para o processo eleitoral dos Delegados Sindicais 2017 já estão abertas e terminam no dia 31 de março. Poderão participar do processo todos os trabalhadores filiados ao Sindicato e que desejam representar sua unidade de trabalho e estão dispostos a colaborar com a luta e a organização da categoria. A eleição será realizada no dia 10 de abril nas unidades da DR/GO.

O processo eleitoral visa fortalecer ainda mais a atuação do Sindicato, pois o delegado sindical reforça o elo entre os trabalhadores e o SINTECT-GO, e seu papel principal é acompanhar as demandas dos ecetistas e denunciar o que acontece em suas unidades. Segundo o Estatuto do Sindicato, o delegado deve representar a instituição no local de trabalho; fazer levantamento dos problemas e reivindicações dos trabalhadores, tentando solucioná-los e, se não conseguir, encaminhar à Diretoria Colegiada; fazer sindicalizações; distribuir os informes; e participar das reuniões do Conselho Deliberativo, das Assembleias Gerais, Congressos e demais eventos promovidos pelo SINTECT-GO.

Para capacitar os novos delegados, o SINTECT-GO promove o Curso de Formação Sindical anualmente. Além disso, reuniões são realizadas periodicamente buscando fortalecer o próprio sindicato e a ampliação da participação dos trabalhadores nas lutas da categoria. A data e local da posse e do Curso de Formação serão divulgados posteriormente.

Inscreva-se aqui!

Processo eleitoral

Para cada grupo de 15 trabalhadores, a unidade elegerá um delegado e um suplente. Além disso, 50% + 1 do total da unidade também elegerá mais um delegado. Unidades com, no mínimo, sete trabalhadores têm assegurado o direito de eleger também um delegado e um suplente. O mandato de delegado sindical tem duração de um ano. 

Leia mais ...

Ecetistas devem avaliar o Relatório final da Comissão Paritária de Saúde em Assembleia no dia 15

O SINTECT-GO realiza Assembleia de Avaliação do relatório final da Comissão Paritária de Saúde  no dia 15 de fevereiro em frente à Agência Central, localizada na Praça Cívica em Goiânia, a partir das 18h30. Outro ponto de pauta da Assembleia é a aprovação do estado de greve, com indicativo de greve para o dia 15 de março, ou a qualquer momento em caso de descumprimento e alteração do ACT 2016/2017, em relação ao plano de saúde.  Haverá assembleias também no interior, confira quadro abaixo.

Esta assembleia faz parte do calendário de lutas da 40ª Plenária Nacional da FENTECT, que ocorreu nos dias 26 e 27 de janeiro em Brasília. Durante o evento, os ecetistas discutiram a situação da Empresa, debateram sobre o cenário político do país e dos Correios, definiram eixos de luta, aprovaram resoluções e o calendário de lutas.

Leia o Boletim de fevereiro aqui

Leia mais ...

Eleição do SINTECT-GO: “Experiência, Renovação e Luta” é eleita com 832 votos

A Chapa 1 “Experiência, Renovação e Luta” foi eleita na última sexta-feira, 10 de fevereiro, para compor a Diretoria Colegiada Gestão 2017/2020 do SINTECT-GO. Este processo contou com urnas eletrônicas, urnas itinerantes e votos por correspondência.

A apuração dos votos foi realizada na sexta-feira, no Sindicato, por representantes das duas chapas (escrutinadores, fiscais e representantes) e comissão eleitoral. Além disso, a apuração também foi acompanhada pela assessoria jurídica do Sindicato. A Chapa 1 “Experiência, Renovação e Luta”  obteve 832 votos; a Chapa 2 “Oposição Unificada” 748 votos; 71 votos nulos; e 25 votos em branco. 

Leia mais ...

Ecetistas de Goiás se encontram com presidente dos Correios para solicitar criação do CDD Vera Cruz

O secretário geral, Eziraldo Vieira, juntamente com os ecetistas Alexandre Duarte Ferreira e Araujo, da UD Vera Cruz, estiveram reunidos com o Presidente dos Correios, Guilherme Campos, na tarde desta terça-feira, 07 de fevereiro, em Brasília. Eziraldo iniciou a reunião apresentando o motivo da visita, e abriu espaço para que os trabalhadores da própria unidade falassem. Os ecetistas da UD Vera Cruz solicitaram o desmembramento do CDD Padre Pelágio com a criação do CDD Vera Cruz. Vale ressaltar que um dos papeis importantes do Sindicato é dar voz ao trabalhadore. O presidente dos Correios se dispôs a ouvir os ecetistas e a buscar uma solução para o problema.

Os trabalhadores querem a locação definitiva do prédio ao lado onde está localizada a UD Vera Cruz, cujo fechamento está previsto para maio de 2017. Caso isso ocorra, além dos transtornos aos trabalhadores e clientes com o fechamento, também acarretará despesas aos Correios em âmbito operacional.

Guilherme Campos solicitou um levantamento da questão ao diretor regional dos Correios em Goiás e se comprometeu a dar uma resposta aos ecetistas até o dia 21 de fevereiro.

Nesta quarta-feira, 08, foi realizada uma ampla reunião na UD Vera Cruz onde foram repassadas todas as informações sobre o encontro como presidente dos Correios. Os trabalhadores estão na expectativa de uma solução positiva.

 

 

Leia mais ...
Assinar este feed RSS