Tenha um bom dia! Hoje é Terça, dia 17 de Setembro de 2019. Agora são 10:49:33 hs
15 Ago

Trabalhadores aprovam proposta do TST, mas mantém estado de greve Destaque

Apesar de manter o estado de greve, ecetistas em Goiás aprovaram, nesta terça-feira, dia 14, a proposta apresentada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) para à campanha salarial da categoria.  Na Assembleia Geral realizada em Goiânia, 47 trabalhadores foram favoráveis à aprovação da proposta e 30 foram contrários. Confira total de votos abaixo.

No último dia 07, o Tribunal propôs reajuste salarial de 3,68% de reajuste salarial e nos demais itens financeiros (como auxílio-creche, vale-refeição/alimentação, vale-peru e quebra de caixa) e a manutenção do ACT 2017/2018 do jeito que estava, mas com ressalvas à decisão em relação ao plano de saúde da categoria (DC – 1000295-05.2017.5.00.0000).

No ponto de avaliação da campanha salarial, vários trabalhadores expuseram suas opiniões sobre aceitar ou não a proposta, mas a maioria concordou que fazer greve neste momento não seria a saída mais viável, principalmente levando em consideração que nos últimos anos a ECT sempre tem se socorrido com o TST.

É importante destacar que a luta continua e que o estado de greve foi mantido para que a categoria continue mobilizada e lutando, entre outras coisas, contra a abusividade no custeio do plano de saúde.

Assembleia em Anápolis

Em Anápolis, os trabalhadores aprovaram a proposta apresentada pelo TST, porém mantiveram o estado de greve por conta do plano de saúde da categoria e moção de repúdio ao presidente da ECT.

Quadro de votos das Assembleias 

Assembleia

Favoráveis

Contra

Abstenções

Goiânia

47

30

2

Anápolis

39

1

 

Santa Helena

12

 

 

Jataí

24

1

 

Quirinópolis

3

10

 

Total

125

42

 

 

Assista o momento da deliberação aqui

 

Última modificação em Quarta, 15 Agosto 2018 15:32
Avalie este item
(0 votos)
voltar ao topo