Tenha uma boa noite! Hoje é Domingo, dia 08 de Dezembro de 2019. Agora são 19:52:01 hs
18 Dez

Deputados se posicionam diante de matéria que denuncia contrato milionário entre os Correios e empresa de tecnologia Destaque

A deputada Maria do Rosário e deputado Leonardo Monteiro enviaram, no último dia 13, um oficio à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, expressando preocupação da Frente Parlamentar em Defesa dos Correios diante da denúncia publicada na reportagem "A 'zona de negócios ilícitos' do PSD do ministro Kassab" (revista Carta Capital, 09/12/207, edição 982). De acordo com a matéria, uma empresa de serviços postais eletrônicos estava sendo contratada pelos Correios sem licitação, além do contrato estar envolvido em uma série de suspeitas.

A matéria da Carta Capital denúncia um contrato de 12 meses estabelecido entre os Correios e uma empresa de tecnologia, a Nexxera, sem licitação, no valor de R$850 milhões de reais, para substituir a entrega de correspondências em papel pelo serviço postal eletrônico. É quase 5% do faturamento da estatal em 2016, para gastar num único contrato. E umas oito vezes a receita anual da firma catarinense em 2015 e 2016”, (grifo da reportagem). Este contrato  inclusive está sendo investigada pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

No oficio, os deputados solicitaram que o Ministério Público Federal acompanhe as investigações, principalmente considerando a grave crise financeira que os Correios enfrentam. Eles ainda destacaram que a ECT é a única estatal presente em todos os municípios brasileiros, com 12 mil agências, emprega 117 mil trabalhadores e trabalhadoras e é uma das mais respeitadas.

Em contato com a Assessoria de Comunicação da Deputada Maria do Rosário, o SINTECT-GO foi informado que  a Frente Parlamentar em Defesa dos Correios já recebeu a resposta do ofício e está aguardando o posicionamento do MPF sobre o caso. 

Confira a reportagem  "A 'zona de negócios ilícitos' do PSD do ministro Kassab" completa aqui

Leia o Ofício Nº57/2017 dos deputados Leonardo Monteiro e Maria do Rosário aqui

Última modificação em Segunda, 18 Dezembro 2017 10:27
Avalie este item
(0 votos)
voltar ao topo