Tenha um bom dia! Hoje é Sábado, dia 24 de Outubro de 2020. Agora são 06:34:58 hs
04 Set

Carta aberta à Sociedade Destaque

O SINTECT-GO apresenta os motivos que obrigaram os trabalhadores (as) dos Correios em Goiás e, em todo o Brasil, a aderirem à greve em 2020:

  • Em 2019, ficou determinado que o Acordo Coletivo negociado entre a ECT e os trabalhadores (as) valeria por dois anos, até Julho de 2021;
  • Os trabalhadores (as) dos Correios não estavam preparados para negociação coletiva neste ano, sobretudo diante da pandemia da Covid-19;
  • A partir de uma liminar concedida pelo STF, a direção dos Correios desrespeitou a decisão do TST de 2019, que definiu os direitos constantes no Acordo Coletivo e ainda aproveitou para reduzir benefícios e a remuneração dos trabalhadores em plena pandemia;
  • A direção da empresa, juntamente com o governo, provocam uma greve de propósito, sem nenhum respeito com os trabalhadores e toda a população que necessita dos serviços dos Correios;
  • No primeiro semestre, tiveram o lucro de R$614 milhões, com isso não faltam recursos para a empresa, nem para o governo;
  • A greve não é culpa do Carteiro, do Atendente, do Operador de triagem, do Motorista ou Motociclista. Eles já ganham os menores salários entre os trabalhadores de todas as estatais brasileiras. E estão tendo a remuneração reduzida por meio do corte de direitos;
  • Não existe respeito algum com os trabalhadores (as) e seus familiares! Ninguém pode se calar diante de tantos ataques que todos os trabalhadores vem sofrendo e ainda mais com a forte ameaça de acabarem com nossos empregos diante de uma já planejada privatização;
  • Não estamos pedindo aumento salarial, apenas a manutenção dos direitos adquiridos. 

 

Os trabalhadores e trabalhadoras dos Correios contam com o seu apoio e sua compreensão!

 

Diretoria Colegiada
SINTECT-GO

Última modificação em Sexta, 04 Setembro 2020 16:52
Avalie este item
(0 votos)
voltar ao topo